top of page

Como encontrar o tema da minha história?


Quando se ensina roteiro sempre enfatizamos como o tema é crucial no processo. Mas pra muitos roteiristas que estão começando, essa é uma área nebulosa e difícil de entender.


Este artigo foi criado para destrinchar o assunto e te ajudar de uma vez por todas não só a entender a importância de ter um tema definido desde o início, mas também discutir ferramentas que podem te ajudar a encontrá-lo.


Antes de mais nada - o que é o tema?


O tema, também conhecido como Pergunta Central ou Ideia Governante, é o coração da nossa história. Como o nome já diz, é uma pergunta que é debatida ao longo do filme e respondida no final dele. De certa forma, é parecido com a moral de uma fábula, e está relacionado com com o arco do protagonista.


Vou usar uma fábula famosa aqui como exemplo, que vocês devem conhecer. A lebre e a tartaruga. As duas apostam uma corrida e a lebre dispara na frente, enquanto a tartaruga vai o mais rápido que consegue, mas come poeira. Certa de que vai ganhar, a lebre começa a se gabar e para no meio do caminho pra conversar, se distraindo com qualquer obstáculo. A tartaruga segue super focada, sem desistir, mesmo tendo perdido a lebre de vista. Até que chega um ponto, e a tartaruga ultrapassa a lebre, que estava parada papeando e contando vantagem, e ela tira sarro da situação. Afinal, se ela quisesse, ela já poderia ter terminado a corrida. O objetivo da nossa protagonista, a tartaruga, é vencer a corrida. E o da nossa antagonista convencida, é impedir que isso aconteça, o que parece ser tão fácil que ela nem se esforça.

Aqui é onde começa a confusão. Existem duas perguntas criadas aqui. “Quem vai vencer?” é a primeira delas, que tem a ver com o objetivo e com e enredo da nossa história. É o nosso grande “o protagonista vence ou perde no final?”, e é uma pergunta que atormenta muita gente, principalmente quem se esquece da segunda pergunta, que é “qual é a lição?”


Voltando à fábula, a tartaruga acaba ganhando a corrida, e a lição é que “Devagar se vai longe. Podemos verificar também que em meio a grande humilhação, a lebre aprendeu que não devemos nos gabar por nossas habilidades e atributos, desdenhando dos demais. Também aprendeu que o excesso de confiança pode ser um obstáculo para alcançarmos nossos objetivos.”


Ou seja, é uma história sobre persistência e humildade. Mas esse é só o inicio do caminho pra encontrar o tema da história.


Segundo Robert Mckee, o tema “É uma declaração completa, com um sujeito e um verbo, fortalecido pelo uso dos motivos dessa declaração.” Ou seja, um tema bem definido é uma frase completa que resume o que a história nos mostra sobre a condição humana, somada aos porquês dessa declaração. As histórias mais transformadoras que você já leu ou assistiu são aquelas que te ajudam a descobrir uma verdade sobre a condição humana.


E quando eu falo de verdades sobre a condição humana, são frases como:


O crime compensa.

Honestidade é a melhor política.

Lar é onde o coração está.

Você nunca conhece realmente ninguém.

As pessoas são previsíveis.

Pessoas sem nada a perder são perigosas.

Amor conquista tudo.

O sangue é mais espesso que a água.

Você pode escolher seus amigos, mas não pode escolher sua família.

O que não te mata te torna mais forte.


Mas essa é só a primeira parte do tema. O tema completo vem seguido de uma justificativa. Uma confirmação do porquê essa frase é verdadeira. Se a gente pegar de volta o exemplo da lebre e da tartaruga, uma boa forma de expressar o tema da fábula seria:


“A persistência e a humildade te levam a vitória, porque as distrações e o excesso de confiança vão te fazer se perder pelo caminho.”

Mas por que que eu preciso de um tema?


O tema é fundamental pra que você, como roteirista, consiga tomar todas as suas decisões criativas. Os obstáculos da história vão ser criados com base no tema. Cada personagem e situação que aparecem no caminho da lebre e da tartaruga servem para mostrar o tema da história pro público. E é por causa do tema da história que ela termina desse jeito.


E principalmente, o tema vai estar intrinsecamente ligado ao modo como a sua história vai terminar. É o significado da sua história, a mensagem que você vai deixar para o público, que vai ditar como essa história deve terminar.


Se no final a lebre acabasse vencendo a corrida, a mensagem da história - e consequentemente o tema - seriam completamente diferentes.


Mas então, como que eu defino o tema da minha história?


Diferente da fábula, no cinema o tema nem sempre é declarado na história com todas as letras, mas ele deve poder ser percebido pelo espectador ao final da história.


Encontrando o seu tema


Lembre-se sempre: Tema é sobre o significado!


Se você entender seu enredo, os papéis que seus personagens desempenham na história e os efeitos que esse enredo terá na vida de seus personagens, principalmente do protagonista e do antagonista, você encontrará o significado de sua história. Depois de entender o significado, você encontrará o tema.


Resumindo, faça estas três perguntas para encontrar o seu tema.


1. Sobre o que é a história?

Este é o enredo da história.

Exemplo: Minha história é sobre um homem que persegue os homens que foram absolvidos depois que mataram sua família.


2. Qual é o significado por trás da história?

Isso geralmente é um resultado abstrato de suas ações.

Exemplo: Minha história diz que quando o sistema falha uma pessoa que perdeu tudo, ela descobrirá até onde está preparada para ir.


3. Qual é a lição?

Esta é uma afirmação sobre a condição humana, seguida dos porquês dessa condição.

Exemplo: Pessoas sem nada a perder são perigosas, porque estão dispostas a tudo.


Espero que esse artigo tenha ajudado você a entender melhor a importância do tema pra sua história, e te dado ferramentas suficientes para que você encontra seus temas com mais facilidade quando for escrever.


Perceber o tema em outras histórias é uma ótima maneira de praticar. Por isso, se ainda tiver dúvidas, proponho um exercício: encontre o tema dos seus filmes preferidos, usando essas três perguntas que eu te mostrei, e deixe o resultado das suas observações aqui nos comentários do post.


Commentaires


fd11_Banner_220x220.jpg
bottom of page