top of page

5 Pilotos de série de crime/suspense para você conferir



Não é novidade para um roteirista que o episódio piloto é fundamental para uma série de televisão. Essa primeira dose da história é responsável por mostrar a que a série veio. O piloto deve contar a premissa da série, apresentar os personagens principais, mostrar a estrutura da série (e dos episódios que seguirão), e deixar o gancho final (aquele que faz com que o espectador queira assistir o próximo episódio).


Em séries de crime/ policial/ drama/ suspense esse primeiro episódio é fundamental para fisgar o público e levá-lo consigo por quantos episódios ou temporadas forem necessárias. Mas uma série envolvendo crime, precisa ir além do mistério do crime em si. Os personagens são fundamentais e o tema precisa estar claro para encorajar o espectador a querer seguir em frente.


Pensando nos diferentes tipos de série que seguem esse conjunto de gêneros mencionados acima, selecionamos 5 pilotos dignos de serem assistidos e estudados por nós, roteiristas:


1. True Detective (2014, HBO Max): Essa série antológica, utiliza múltiplas linhas do tempo para traçar através de 17 anos a busca de dois detetives por um assassino em série em Louisiana. As investigações policiais descobrem os segredos pessoais e profissionais dos envolvidos. Contêm uma trama complexa e continua a fazer sucesso.


2. Como defender um assassino (2015, Netflix): Série serializada que também brinca com as linhas do tempo fazendo usos de flashcbacks e flashfowards. O estudante Wes Gibbins começa a frequentar as aulas de direito ministradas pela renomada advogada, Annalise Keating. Ela oferece a cinco alunos a chance de trabalhar com ela, enquanto em um flashfoward, os alunos escolhidos descartam um corpo. É um sucesso produzido por Shonda Rhimes e já está na sua sexta temporada.


3. Irmandade (2019, Netflix): Série brasileira, serializada com 8 episódios. Traz Seu Jorge como protagonista e tem sido muito bem avaliada pelo público internacional, em especial para o seu episódio piloto. Nele, uma advogada que não via o irmão há 20 anos, descobre que ele está sendo torturado até a morte na prisão e que é o líder de uma facção criminosa. Ela passa do limite da lei para salvar a vida dele. A série foi renovada para sua segunda temporada que estreia dia 11 de maio de 2022.


4. A comissária de bordo (2020, HBO Max): Essa é uma série que além de ser classificada como suspense/ crime, ela adiciona comédia a sua miscelânea de gêneros o que é por si só um diferencial. Ela conta a história de Cassandra Bowden, uma comissária de bordo que acorda em um hotel na Tailândia, com um cadáver ao seu lado. No entanto, ela não lembra nada do que aconteceu na noite anterior. Como público, seguimos com a protagonistas ignorantes do que se passou e tentando juntar as peças do quebra-cabeça. A série também já tem sua segunda temporada recém lançada na plataforma da HBO Max.



5. A mais pura verdade (2021, Netflix): Minissérie que conta a história de The Kid, um comediante bem sucedido que após uma noite de festa com seu irmão tem sua carreira e vida ameaçadas pelas consequências dessa noite desastrosa. Com apenas 6 episódios, possui alta carga dramática em cada um deles. No piloto as escolhas do protagonistas aumentam a tensão e são como um todo o grande gancho que nos impulsiona a maratonar essa série.


Um excelente exercício é assistir ao piloto e depois ler os respectivos roteiros. Assim você consegue fazer um comparativo do que foi escrito e executado além de ver como profissionais do mercado formataram seus roteiros.


Que outros pilotos fizeram com que você maratonasse uma série?


Artigos relacionados:

Comments


fd11_Banner_220x220.jpg
bottom of page